Especialidades

ABDOMINOPLASTIA

É um procedimento cirúrgico estético, realizado para remover gordura e pele em excesso do abdômen inferior, geralmente, por causas estéticas. Além de remover o excesso de pele que fica na região inferior do abdome, é realizada também a fixação dos músculos retos abdominais, que geralmente se separam após gravidez ou após grandes perdas de peso, fazendo assim com que o abdome fique mais reto e sem abaulamentos. A cirurgia é realizada em centro cirúrgico, com anestesia e todos os cuidados necessários em uma cirurgia plástica.

 

Cuidados gerais no pós-operatório: é muito importante que o paciente não fume (ativa ou passivamente) por um período de, pelo menos, 4 semanas antes e 4 semanas após o procedimento cirúrgico, pois o processo de cicatrização pode ficar prejudicado e oferecer riscos de abertura de pontos, associados a uma cicatrização ruim. Não se expor ao sol por cerca de 3 meses ou até a liberação médica, principalmente, se tiver manchas roxas na pele ou cicatrizes vermelhas. O uso de gel de silicone na cicatriz, normalmente, é utilizado, afim de hidratar a cicatriz e evitar ao máximo a formação de cicatriz inestética. Deve, também, usar cinta abdominal modeladora por três meses, retirando-a apenas para o banho.  Não ingerir medicamentos além dos prescritos e dos de uso habitual e deve retornar nas datas combinadas com o médico para reavaliações, curativos e retirada de pontos.

MASTOPEXIA COM IMPLANTE

A cirurgia de mastopexia com implante está indicada para pacientes que apresentam pouco volume mamário e, junto, apresentam também uma flacidez das mamas. Esta cirurgia consiste tanto em dar volume à mama com o uso de implante mamário, como também retirar a flacidez, reposicionando e diminuindo o diâmetro da aréola, se necessário.

 

Cuidados gerais no pós-operatório:  manter o curativo conforme orientado pelo médico, tomar corretamente as medicações prescritas, não pegar peso e não elevar os braços. Movimentos devem ser delicados e apenas com os cotovelos, por um período de 30 dias. Não tomar sol na cicatriz. Caso seja liberado, apenas  após 3 meses, usando protetor solar com alto filtro de proteção.

MAMOPLASTIA DE AUMENTO

É um procedimento cirúrgico para pacientes que apresentam parênquima mamário pouco desenvolvido. Consiste na colocação de implantes mamários feitos com silicone. Existem duas principais vias de colocação desses implantes: via infra-mamária (localizado no sulco da mama), ficando com a cicatriz não aparente no sulco mamário, ou por via peri areolar (incisão ao redor da aréola em semi-círculo). Existem vários formatos e texturas de implantes mamários, todos têm que ser explicados e muito bem discutidos com o paciente.

 

Cuidados gerais no pós-operatório: é muito importante que o paciente não fume (ativa ou passivamente) pelo período de 4 semanas que antecedem a cirurgia e 4 semanas após a cirurgia. Não deve se expor ao sol por três meses ou até a liberação médica (principalmente no caso de possuir ainda manchas roxas na pele). Usar soutien contínuo por 3 meses, podendo retirar apenas para o banho, após o primeiro curativo. Não administre medicamentos diferentes, além dos prescritos e dos de uso habitual. Por fim, deve retornar nas datas combinadas para reavaliações, curativos e retirada de pontos.

MAMOPLASTIA REDUTORA

É um procedimento cirúrgico que consiste na retirada de tecidos em excesso das mamas. Pacientes com mamas de grandes volumes podem não apresentar apenas alterações estéticas, mas também apresentar prejuízos funcionais, como dores nas costas e ombros. A mamoplastia redutora difundida pela técnica de Pitanguy no Brasil e no mundo consiste em retirar o excesso de tecido mamário e pele, para após reposicionar e diminuir o diâmetro da aréola.

 

Cuidados gerais no pós-operatório:  manter o curativo conforme orientado pelo médico, tomar corretamente as medicações prescritas, não pegar peso e não elevar os braços.  Movimentos  devem ser delicados e apenas com os cotovelos, por um período de 30 dias. Não tomar sol na cicatriz. Caso seja liberado, apenas  após 3 meses, usando protetor solar com alto filtro de proteção.

LIPOASPIRAÇÃO

Consiste em uma cirurgia plástica que realiza aspiração de gordura através de cânulas. Ela pode ser feita em diversas partes do corpo, desde que haja gordura localizada. A cirurgia pode ser classificada em pequena, média ou grande, variando de acordo com a quantidade de gordura retirada e partes do corpo atingidas. É importante ressaltar que a Lipoaspiração é indicada para gorduras localizadas. Pacientes obesas estão contra-indicadas a realizar o procedimento.

 

Cuidados gerais no pós-operatório: os cuidados após a Lipoaspiração consistem principalmente em uma boa hidratação, com água, sucos, água de coco e isotônicos. O uso da malha elástica também é essencial para evitar o edema e remodelar as estruturas lipoaspiradas. A drenagem linfática será liberada pelo médico por volta de 5 a 7 dias após a cirurgia, o que ajuda a aliviar a sensação de edema e congestão local. O uso de analgésicos e anti-inflamatórios, bem como todas as medicações, será seguido de acordo com a prescrição médica.

FACE LIFTING

É uma cirurgia muito comum atualmente.  Atrizes famosas de Hollywood são adeptas do procedimento. A cirurgia consiste em rejuvenescer toda a face, na qual se ‘descola’ a pele e realiza-se o reposicionamento dos tecidos profundos da face, recolocando-os  na posição natural quando jovem e retirando o excesso de pele flácida. A cirurgia envolve o tratamento dos olhos (blefaroplastia), com tratamento das bolsas de gordura localizadas nos olhos, o que dá o aspecto de olhar cansado. O mais interessante desta cirurgia é suavizar as expressões e reposicionar as estruturas da face de modo a deixá-la o mais natural possível. É um procedimento que exige uma destreza e um acabamento minucioso. O procedimento necessita de internação, anestesia e todos os cuidados de uma cirurgia plástica.

 

Cuidados gerais no pós-operatório: é muito importante que o paciente tenha cuidados com os olhos, evitando traumas e não coçando a região; a dieta nos primeiros dias tem que ser leve, para não exigir muito da musculatura da face para mastigação, evitando assim complicações.  É recomendado, também, não se expor ao sol por 30 dias, usando óculos escuros durante o dia e lenços para proteger a face. Para aqueles que fazem uso de lentes de contato, é preciso esperar liberação médica, que normalmente ocorre em cerca de 15 dias.  Por fim, é preciso retornar nos dias combinados para reavaliações, curativos e retirada de pontos.

RINOPLASTIA

É uma cirurgia realizada na estrutura nasal para melhorar a estética ou a respiração do paciente. Serve para correção de deformidades traumáticas ou naturais.  O procedimento engloba uma reestruturação da ponta nasal e do dorso nasal, de acordo com a face do paciente, afim de deixar o mais harmônico possível. O procedimento pode ser realizado por via fechada (cicatrizes internas) ou por via aberta (cicatriz imperceptível na columela nasal). Porém, as alternativas só serão discutidas em consulta, após o médico avaliar e decidir qual a melhor possibilidade de tratamento.

 

Cuidados gerais no pós-operatório: Não fazer esforço físico nos primeiros 15 dias, usar bastante soro fisiológico para lavar as narinas, afim de manter a mucosa nasal limpa e hidratada. Manter o curativo até o retorno ao médico, para que o mesmo retire e dê as novas orientações.

BLEFAROPLASTIA

É uma cirurgia estética destinada a remover o excesso de pele enrugada e caída das pálpebras superiores e/ou inferiores e os bolsões de gordura que ficam abaixo delas, que trazem o aspecto envelhecido e cansado ao olhar dos pacientes.

 

Cuidados gerais no pós-operatório: é muito importante que o paciente tenha cuidados com os olhos, evitando traumas e não coçando a região. É recomendado, também, não se expor ao sol por 30 dias, usando óculos escuros durante o dia para se proteger da luz natural e usando colírios prescritos pelo médico. Para aqueles que fazem uso de lentes de contato, é preciso esperar liberação médica, que normalmente ocorre em cerca de 15 dias. Não se deve, também, ingerir medicamentos além dos prescritos e dos de uso habitual. Por fim, o paciente deve retornar nas datas agendadas para reavaliações, curativos e retirada de pontos (que normalmente ocorre por volta de 5 a 7 dias de pós-operatório).

CIRURGIAS ÍNTIMAS

São cirurgias plásticas que têm por objetivo diminuir/remodelar os pequenos lábios vaginais, estruturas que protegem a entrada da vagina. Na maioria das vezes, o procedimento é realizado por incômodo estético, porém, pode estar envolvido também com desconforto durante o ato sexual. Pode estar associada também com um pequeno enxerto de gordura ao redor da vagina, o que dá uma maior jovialidade à região genital.

 

Cuidados gerais no pós-operatório: os cuidados no pós-operatório envolvem uma boa higienização da região, de preferência com sabonetes neutros específicos, conforme orientado pelo seu médico. Não praticar relação sexual até a liberação formal do seu cirurgião. Os pontos não são necessários de serem retirados, pois eles são absorvidos e caem sozinhos à medida que há cicatrização.

PREENCHIMENTOS FACIAIS

É uma substância usada para paralisar uma determinada região da face (músculo), atenuando rugas e linhas de expressão. Após a aplicação da toxina, a região fica “paralisada” por aproximadamente 6 meses, mas é possível que seu efeito começe a diminuir um pouco antes ou depois, sendo preciso uma nova aplicação para a manutenção dos resultados.  A idade ideal para a realização do procedimento é a partir dos 35 anos de idade, período no qual as marcas de expressão começam a formar. Assim, realizando o procedimento, a toxina paralisa a musculatura, evitando que estas marcas fiquem definitivas na face.

 

 

Cuidados gerais no pós-procedimento: o paciente deve evitar fumar, como em qualquer procedimento. Não se expor ao sol sem uso de protetor solar. Caso fique com uma pequena equimose local (roxinho), o sol deve ser evitado até que o problema desapareça por completo, pois há um risco de manchar a pele definitivamente. Também pode aplicar compressas de gelo no local, que poderão ser realizadas três vezes ao dia, sem pressão sobre as áreas de aplicação. É recomendado retornar nas datas combinadas com o médico para reavaliações.

APLICAÇÃO DE TOXINA BOTULÍNICA

É uma substância usada para paralisar uma determinada região da face (músculo), atenuando rugas e linhas de expressão. Após a aplicação da toxina, a região fica “paralisada” por aproximadamente 6 meses, mas é possível que seu efeito começe a diminuir um pouco antes ou depois, sendo preciso uma nova aplicação para a manutenção dos resultados.  A idade ideal para a realização do procedimento é a partir dos 35 anos de idade, período no qual as marcas de expressão começam a formar. Assim, realizando o procedimento, a toxina paralisa a musculatura, evitando que estas marcas fiquem definitivas na face.

 

 

Cuidados gerais no pós-procedimento: o paciente deve evitar fumar, como em qualquer procedimento. Não se expor ao sol sem uso de protetor solar. Caso fique com uma pequena equimose local (roxinho), o sol deve ser evitado até que o problema desapareça por completo, pois há um risco de manchar a pele definitivamente. Também pode aplicar compressas de gelo no local, que poderão ser realizadas três vezes ao dia, sem pressão sobre as áreas de aplicação. É recomendado retornar nas datas combinadas com o médico para reavaliações.

PEELINGS

São esfoliações ou aplicação de substâncias químicas, com intuito de eliminar marcas de expressão e manchas. Podem ser:

  • Químicos: com a aplicação de ácidos, como retinóico, salicílico ou fenol
  • Físicos: feitos através de processos mecânicos, como microdermoabrasão (esfoliação da pele com microcristais de óxido de alumínio),  Dermoabrasão: (feito com lixas de alta rotatividade) e Laser (“queima” de maneira uniforme a região tratada)

 

Cuidados gerais no pós-procedimento: antes de realizar o procedimento de Peelings,  a pele do paciente deve ser muito bem avaliada quanto a sua espessura e textura, antes da colocação do ácido. Deve se realizar a lavagem do rosto com produtos próprios e só a partir daí realizar o procedimento.  Como os peelings removem a camada superficial da pele, evitar o sol é fundamental. A exposição ao sol após o procedimento pode levar a lesões e manchas de pele irreversíveis, além de prejudicar todo o processo de renovação epitelial. Comparecer nos retornos médicos para seguimento e avaliação contínua do procedimento é fundamental.

RETIRADA DE LESÕES

Consiste na retirada cirúrgica de pequenas lesões na pele do paciente, como câncer de pele, pintas, verrugas, cicatrizes inestéticas e sinais suspeitos.  A retirada obedece todo o cuidado para o paciente não ter cicatrizes inestéticas na região tratada.

 

Cuidados gerais no pós-operatório: os cuidados no pós-operatório consistem em manter o curativo conforme a orientação médica, retirar e lavar apenas com água e sabonete (antibacteriano ou neutro).  A retirada dos pontos normalmente ocorre entre 7 a 10 dias. Evitar a exposição ao sol também é fundamental para que a cicatriz não fique com aparência escurecida. Caso seja necessária a exposição solar, se torna fundamental e imprescindível o uso de protetor solar após a retirada dos pontos.